Se você está pensando em fazer um curso de celebrante de casamento e está na dúvida qual escolher, ou se deve assinar a sociedade de celebrantes, esse artigo é pra você!


Vou pontuar algumas coisas sobre os principais cursos para formação de novos celebrantes de casamento, disponíveis no Brasil.


Comparando com a assinatura do clube dos celebrantes, e quais são as diferenças entre um curso e a sociedade de celebrantes.



curso de celebrante de casamento
Ritual das areias e ritual da caixa de vinho


Percurso do Bem Dito Casamento


Vocês já deve ter visto o Bruno Flores ou Mayra Ubatuba por aí no seu youtube, na sua timeline do Instagram, ou até mesmo na Globo ou numa revista.


Isso porque eles já celebraram o casamento de muitos famosos como o do Whindersson Nunes e da Isis Valverde.


Eles não se apresentam como curso, mas sim como Percurso, porque acreditam que o processo a ser percorrido é muito mais do que aula, e a relação proposta não é aluno e professor, mas sim de desenvolvimento mútuo.


Então se você tem curiosidade em conhecer o método de trabalho deles, conheça aqui o Percurso do Bem Dito Casamento!


Curso de Celebrante de Casamento da Sra Vera Bernini


A Sra Vera Bernini é uma das celebrantes mais experientes do nosso país, há décadas percorrendo nossas estradas para celebrar o amor dos casais, onde quer que a chamem.


A proposta da dona Vera é ecumênica, universal, pois ela e sua igreja aceitam celebrar todas as formas de amor.


A vantagem do curso da dona Vera é que você pode fazer duas formações em uma, que são (clique para conhecer);



Desse modo, com as duas formações, você poderá celebrar casamentos com efeito civil em qualquer lugar do Brasil. Desde que esteja autorizado pelo cartório, claro.


Se quiser saber mais sobre esse assunto leia meu artigo sobre casamento religioso com efeito civil clicando aqui.



Vídeo acima se refere ao site sociedadedecelebrantes.com.br


Sociedade de Celebrantes de Casamento


A Sociedade de celebrantes de casamento é uma novidade que eu (Daniel Santos), e os celebrantes João Santana, Maurício Macri e Anderson Silva lançamos no equinócio de primavera, dia 22 de setembro de 2021.


A nossa ideia é compartilhar conteúdos, dicas e informações para todos que queiram se aperfeiçoar conosco.


Estamos sempre aprendendo e desenvolvendo novas técnicas, trocamos muitas informações entre nós, então decidimos compartilhar isso com algumas pessoas mediante um pagamento simbólico, somente para manutenção do clube.


As pessoas que assinam o clube tem direito a ver todo o material de uma vez só, produzido pelos três, e podem usar livremente tudo o que foi compartilhado ali.


Se você quiser conhecer o nosso clube, fica aqui o meu convite pra você! Clique para conhecer a Sociedade de Celebrantes!


Vale a pena ser celebrante de casamento hoje?


De fato houve um crescimento muito grande no número de celebrantes de casamento no Brasil.


Impulsionado também pela pandemia, que com a crise, levou muitas pessoas ao desemprego, e dentre elas ótimos oradores.


Mas o mercado ainda não está saturado e os especialistas dizem que em 2022 vai faltar bons profissionais com agenda livre, isso porque os casamentos estão represados.


Então as cerimônias de casamento que não serão realizadas por padres, nem pastores, precisarão de uma assistência de um celebrante de casamento.


Estamos falando de centenas de milhares de cerimônias de casamento por ano, em todo o Brasil, que serão realizadas por celebrantes profissionais, ou amadores.


Nas capitais a concorrência é maior, em todos os estados.


Mas se você sonha em morar num lugar paradisíaco, talvez essa seja a profissão correta pra você, porque muitas pessoas querem se casar em lugares incríveis, realizando um destination wedding.


Se você for um fornecedor local, os custos com deslocamento serão menores, e você estará pronto para atender os noivos.


Pense com carinho nessa profissão, sobretudo se você já é jornalista, radialista, se gosta de falar em público e de escrever lindas histórias de amor.


Quanto ganha um celebrante de casamento?


Os preços variam de estado para estado da nossa federação.


Os celebrantes mais bem pagos são os do Rio de Janeiro, onde a média gira em torno de R$ 2.000,00 desde 2021. No estado de SP a média era de R$ 1.650,00 em 2021.


Esses valores são baseados numa pesquisa de mercado feita pelo Novo Cerimonial, que entrevistou mais de 300 celebrantes, com a ajuda do MagiCelebrante. Se quiser ver a pesquisa, assista esse vídeo!





Valores cobrados por uma cerimônia de casamento na própria cidade do celebrante, sem considerar deslocamentos e custos com alimentação.


Os acessórios usados em cerimônias também são cobrados a parte, adicionalmente ao valor do trabalho do celebrante em si.


Claro que existem cidades pequenas nas quais os celebrantes precisam cobrar bem menos para fechar contrato, senão os noivos não conseguem pagar.


Mas se você quiser entender mais sobre os custos que envolvem o trabalho de um celebrante, recomendamos a leitura do artigo: média de preço dos celebrantes.


Leia também
Quanto tempo dura uma cerimônia de casamento
Passo-a-passo do casamento religioso com efeito civil