Como casar no civil


Vamos explicar passo-a-passo como funciona casar no civil, quanto custa casar no civil, quantos padrinhos são necessários para se casar no civil e se é possível ter um casamento civil de graça.


Acompanhe o artigo até o final, pois o tema é simples de ser entendido mas cheio de detalhes, e esperamos abordar todos eles aqui. Portanto evite pular o artigo. E para te ajudar vamos colocar em negrito as partes mais importantes ;)



Casamento civil


O que precisa para casar no civil?


Para casar no civil você precisa ir ao cartório de registro civil com duas testemunhas maiores de 18 anos, certidão de nascimento atualizada (modelo novo com QR code) e comprovante de endereço atualizado. Além de pagar a taxa do casamento civil.


Vocês precisarão escolher qual o regime de bens querem adotar e se adotarão o sobrenome um do outro, ou se manterão seus nomes de solteiro.


Escolher o regime de bens do casamento


Conversem antes de iniciar o processo de casamento civil sobre qual regime de bens vocês adotarão. Os regimes disponíveis são:


comunhão parcial de bens (o tradicional no Brasil)

comunhão total de bens

separação total de bens


ATENÇÃO: o regime mais fácil e simples é o de comunhão parcial de bens. Os outros regimes de bens envolvem outro tipo de cartório, declarações pré-nupciais registradas, o que costuma atrasar a data do casamento efetivo.


Procurem se orientar com um advogado antes de iniciarem o casamento civil. Uma consulta não é cara perto da dor de cabeça que vocês vão evitar com a burocracia necessária caso escolham um regime diferente da comunhão parcial de bens.


Escolham se vão mudar de nome ou não


Esta é uma decisão importante, pois são mais de 10 documentos que precisam ser alterados, caso decidam mudar de nome no ato do casamento civil.


Ou seja, dá um trabalhão atualizar todos os documentos para o nome novo. Portanto se essa não for uma questão fundamental para você, prefira manter os nomes de solteiros.



Casamento no civil valor


O valor do casamento civil varia para cada estado da federação e muda todos os anos. Atualmente, no estado de São Paulo custa R$ 417,63 para casar dentro do cartório e se for em diligência, fora do cartório o valor é de R$ 1.392,12.


Para ver os valores de outros estados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais, consulte o nosso artigo sobre quanto custa casamento civil 2020.



Casamento no civil de graça


O Código Civil Brasileiro, no seu artigo 1.512 garante a todos brasileiros o casamento civil de graça. Para isso conseguir o seu você precisa ir até o cartório de registro civil com uma declaração, que pode ser feito à mão mesmo, dizendo que não pode pagar a taxa do casamento.


O cartório vai emitir um formulário de isenção de taxa do casamento civil que deve ser validado no CRAS (centro de referência e assistência social) da sua cidade. Leve no CRAS sua carteira de trabalho, comprovante de renda, RG, CPF e comprovante de endereço.


Depois de validado no serviço de assistência social da sua cidade você deve voltar ao cartório para agendar o seu casamento civil, que acontecerá sem nenhum custo.



Casamento no civil, como funciona


É preciso entrar em contato com o cartório e agendar um dia para ir até lá, noivos e duas testemunhas. No dia agendado, com todos presentes, e com os documentos necessários em mãos, é dado entrada no período de proclamas, para dali 20 ou 30 dias acontecer o casamento de fato.



Passo a passo para realizar o seu casamento dentro do CARTÓRIO DE REGISTRO CIVIL:


1) ligue no cartório para verificar se você pode casar nesse cartório de acordo com o seu endereço, porque existe uma regra entre os cartórios: você só pode se casar naquele mais próximo da sua residência, que precisa ser comprovada com comprovante de endereço;


2) agende um dia para ir ao cartório (noivos e duas testemunhas maiores de 18 anos)


3) leve consigo RG ou CNH (noivos e testemunhas) e certidão de nascimento (noivos). O comprovante de endereço pode ser solicitado;


4) pague o valor de solicitado pelo cartório (clique e verifique os valores atualizados para casamento civil em 2020);


5) espere o período dos proclamas, 15 dias,esse é o prazo entre a entrada dos papéis até a emissão da habilitação para o casamento civil, nesses 15 dias será publicado em vários jornais oficiais a intenção dos noivos se casarem, é a boa e velha pergunta "se alguém tem alguma coisa contra este casamento, fale agora, ou cale-se para sempre" ;


6) vá no dia agendado para casar dentro do cartório com um juiz de paz, que realiza a leitura dos termos do casamento que dura 7 minutos, leve apenas as duas testemunhas que foram no agendamento, pois não há cerimônia, é como uma renovação de CNH, só se lê e confere os dados, os noivos e testemunhas assinam.


(imagens)

Casamento religioso com efeito civil

Casamento religioso com efeito civil

Certidão de casamento civil



Casamento EM DILIGÊNCIA, fora do cartório:


1) o procedimento acima é o mesmo até o item 5, só o valor do item 4 que muda;


2) você informa o dia, horário e local do casamento e o juiz de paz vai até esse local realizar a leitura dos termos do seu casamento em 7 minutos aproximadamente, não há discurso, nem cerimônia, pode ser realizado numa sala pequena próxima a festa apenas com os noivos e as duas testemunhas;


3) o valor pago é maior, consulte valores para casamento civil



Casamento RELIGIOSO, com efeito civil:


É quando você se casa com um celebrante de casamento que é ministro religioso, padre ou pastor, dentro ou fora da igreja.


1) ligue no cartório e verifique se você pode casar nele, de acordo com seu endereço;


2) solicite documentação do religioso, pois a igreja pode emitir um ofício informando ao cartório o nome do seu ministro religioso, assim como o seu CNPJ. Se você não levar este ofício o cartório vai te pedir essas informações.


3) agende visita ao cartório com as duas testemunhas (que estarão também no seu casamento religioso);


4) entregue a documentação ao cartório e informe o local, data e horário que está no convite de casamento;


5) pague a taxa do cartório para os proclamas, verifique valores para casamento religioso com efeito civil;


5 ) realize a cerimônia de acordo com as suas preferências religiosas e/ou místicas, lembrando que na hora de dizer o "sim" os noivos não podem brincar nem titubear;


6) os noivos têm 90 dias para levar os documentos assinados até o cartório.



Casamento no civil, quantos padrinhos


Os padrinhos de casamento são aqueles que servirão como fiéis escudeiros do casal e farão de tudo para que permaneçam juntos, aconselhando cada um dos noivos e orientando a nova família.


Os padrinhos existem nesse sentido, socialmente falando, como conselheiros, e a figura dos padrinhos surgiu com os casamentos religiosos.


Por exemplo, a igreja católica sugere pelo menos um casal de padrinhos que sirvam de exemplo aos noivos, ou seja, dentro do que a igreja católica acredita, um casal que seja casado na igreja e siga os preceitos da religião.


Contudo, para o casamento civil não faz muito sentido usar o termo “padrinho” e “madrinha” O que é previsto em lei são duas testemunhas, maiores de 18 anos.


Alguns cartórios exigem que as testemunhas não sejam nem pai nem mãe dos noivos, mas a maioria dos cartórios não faz alusão a isso.


As testemunhas servem para dar validade jurídica ao casamento, como testemunhas de que a união é verdadeira, e não um casamento de fachada.


Além disso, além de garantirem a veracidade do ato, as testemunhas servem como fatores inibidores dos casamentos forçados, ou casamentos forjados. E é justamente por isso que alguns cartórios não permitem que as testemunhas sejam os pais dos noivos. Para evitar que algum dos dois esteja casando por serem obrigados pelos pais a contraírem matrimônio.



Celebrante de casamento


Algumas pessoas se tornam profissionais em celebrar casamentos, profissão se chama Celebrante. Não confunda com cerimonialista de casamentos, que é quem cuida dos cortejos de entrada, pede pra soltar a música, segura o buquê da noiva durante a cerimônia, dentre tantas outras atribuições.


Alguns celebrantes profissionais são também ministros religiosos e por isso, além de contar sua história de uma maneira linda e personalizada, breve e impactante, o casamento terá também o efeito civil.


Assista algumas cerimônias realizadas por celebrante profissional, que é também ministro religioso e veja se é o que você procura: cerimônias realizadas por celebrante!


Conheça um celebrante de casamento com efeito civil!

Veja algumas cerimônias de casamento.


#comocasarnocivil #casamentocivil #casamentocomefeitocivil #quantocustacasar


  • Daniel Santos ubatuba
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Daniel Santos Celebrante

© 2020 por Daniel Santos - celebrante de casamento. Todos os direitos reservados. CNPJ: 32.860.139/0001-00 Ubatuba - SP