• Daniel Santos

Cerimônia das areias e os seus significados


Casamento com a cerimônia das areias

Muitos noivos me perguntam sobre a cerimônia das areias. Sem dúvida esta é a cerimônia mais popular hoje no Brasil e isso se dá por vários fatores.


O primeiro deles é o resultado da própria cerimônia, em suas duas vertentes. A primeira é a divulgação da cerimônia em si através das fotos do casamento, postadas e divulgadas pelos noivos e convidados. E a segunda é o vaso com as areias que fica exposto na casa dos noivos e a cada reunião com amigos e familiares as pessoas ficam sabendo sobre a cerimônia.


Qual o significado da cerimônia das areias


A areia nada mais é do que pequenos fragmentos de rocha. Os noivos são nada mais do que o resultado das famílias das quais são provenientes. Cada família, cada noivo, cada noiva, uma cor diferente.


A mistura das areias simboliza esta união, esta mistura, de duas famílias, lembrando a origem dos noivos, de onde eles vieram, e agora se misturam formando novas composições, novas cores.


Como os padrinhos exerceram grande influência sob a vida do casal e continuarão exercendo por toda a vida, estes também podem colocar areias, cada um com a sua cor, na mistura do casal.


Os pais e avós também podem ser convidados para contribuírem com a mistura, apesar dos noivos já serem resultados da família deles, nada impede a participação de várias pessoas na cerimônia.


Apenas observem atentamente a quantidade de areia que será disponibilizada para cada pessoa, para que ninguém fique de fora no final, se não sobrar mais espaço no vaso.


Crítica à cerimônia das areias


Algumas pessoas religiosas criticam a cerimônia das areias, porque veem a cerimônia das areias como a edificação da família sob areia. E sobre isso existem duas passagens bíblicas que condenam a edificação da casa, ou seja, da família, sob a areia, temos:


Mateus VII
"24. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as observa,  será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a  rocha. 
25. Desceu a chuva, vieram as correntes, sopraram os ventos e  deram com ímpeto contra aquela casa, e ela não caiu; pois estava  edificada sobre a rocha. 26. Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as observa,  será comparado a um homem néscio, que edificou a sua casa sobre a areia. 27. Desceu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos e bateram  com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu: e foi grande a sua ruína. " 
  – S:Tradução Brasileira da Bíblia/Mateus/VII

Lucas VI
"46. Por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando? 
47. Todo aquele que vem a mim e ouve as minhas palavras e as  observa, eu vos mostrarei a quem é semelhante. 48. É semelhante a um homem que, edificando uma casa, cavou, abriu  profunda vala e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo uma enchente,  deu a torrente com ímpeto naquela casa, e não a pôde abalar, porque  tinha sido bem edificada. 49. Mas aquele que as ouve, e não as observa, é semelhante a um homem  que edificou uma casa sobre a terra sem alicerces; na qual a torrente  deu com ímpeto, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa. " 
  – S:Tradução Brasileira da Bíblia/Lucas/VI

Fonte: Wikipedia



Contudo é importante ressaltar que o casamento não está sendo edificado na areia, o casamento está sendo edificado na palavra, quando os noivos respondem SIM à pergunta solene do celebrante, assumem um compromisso diante da sociedade, diante das pessoas que compõem a igreja, e diante de Deus presente em todos os seres vivos e todas as coisas que temos neste planeta.


Alternativas à cerimônia das areias


Os noivos podem decidir fazer qualquer tipo de mistura na sua cerimônia de casamento. Podem inclusive não escolher cerimônia pronta, como esta das areias, e deixar a cargo do celebrante para que dê significado à união através de uma mensagem forte e impactante.


A cerimônia das areias é um recurso visual, que garante belas fotos. Mas a imagem da união pode ser composta de várias formas, sejam criativos. Além da cerimônia das areias tem a cerimônia da caixa de vinho, por exemplo.



Misturando grãos ao invés de areias

Conforme mostra a imagem acima, a mistura de grãos, de café, sementes, também garante uma bela impressão visual da união do casal. E sementes representem a vida, o nascimento, a fertilidade. E poderia ser chamada como cerimônia do café, cerimônia dos grãos, por exemplo.


O celebrante de casamento deve ter criatividade para esta ginástica intelectual e personalizar a cerimônia escolhida pelos noivos para que seja única e inesquecível.


E como dito acima, não é necessária a realização de um procedimento visual como a cerimônia das areias, ou dos grãos, para que os convidados tenham a imagem da união do casal, o celebrante tem que ser capaz de transmitir a mensagem através das suas palavras.


<- Voltar para home


#cerimoniadasareias #cerimoniadecasamento #criticacerimoniaareias #bibliaecerimoniadasareias #discursodecasamento #comocelebrarcasamento

© 2020 por Daniel Santos - celebrante profissional de casamentos. Todos os direitos reservados.

CNPJ: 32.860.139/0001-00

  • Daniel Santos Celebrante
  • Daniel Santos ubatuba